Eletrônica criativa, técnica e de engenharia

Olá, sou o Felipe Carneiro, criador do blog Eletrônica Aqui e minha proposta com este trabalho é:

  • Abordar assuntos de forma diferente do ensino tradicional. Para isso, vou utilizar diversos elementos que comprovadamente aumentam o aprendizado, como mapas mentais.
  • Através de explicações diferenciadas, ativar e estimular sua vontade de aprender e de querer pesquisar sempre mais.
  • Ajudar você a encontrar inspiração para realizar seus projetos e solucionar problemas práticos.

Aqui no blog você encontrará principalmente conteúdos da eletrônica, que é a minha área principal de formação.

Como outras matérias são ensinadas nos cursos técnico e superior de eletrônica, vou abordar também conteúdos de telecomunicações, controle e computação aplicada à eletrônica.

A eletrônica digital utiliza programação, então você encontrará artigos sobre isso. Vou manter uma categoria com conceitos gerais de elétrica e, dentro do possível, também vou criar conteúdos sobre arduíno.

O conhecimento tecnológico está cada vez mais interligado, então mesmo um Eletricista ou Eng. Eletricista precisa conhecer conceitos de eletrônica, e em muitos casos precisa conhecer muito de controle e automação.

Também vou abordar aplicações em outras áreas, como Engenharias, Geologia, Biologia e Química. Buscarei informações de onde a eletrônica estiver.

Se você só quer aprender um pouco sobre eletricidade, sem compromisso, para entender, por exemplo, a diferença entre os tipos de lâmpada que pode comprar para a sua casa, também vou criar conteúdos voltados aos que não tem formação técnica.

Um pouco sobre como o Eletrônica Aqui pode te ajudar.

Mundo da eletrônica

Para muitos educadores e alunos, a forma tradicional de ensino com quadro e giz (ou caneta) já não é o bastante. É preciso inovar, através da utilização de tecnologias que estudantes estão acostumados a lidar no dia-a-dia.

Mas esse quadro está mudando, aos poucos, com várias iniciativas que utilizam jogos e programas para simulações, por exemplo.

Aqui você vai encontrar explicações e aplicações utilizando mapas mentais, infográficos, diagramas diversos, jogos e ludificação.

Ludificação é o uso de técnicas de design de jogos que utilizam mecânicas de jogos e pensamentos orientados a jogos para enriquecer contextos diversos normalmente não relacionados a jogos. Tipicamente aplica-se ludificação a processos e aplicações com o objetivo de incentivar as pessoas a adotá-lo ou influenciar a maneira como são usados. – Wikipédia

Siga comigo nessa jornada por uma eletrônica mais criativa

Eletrônica com ideias

É por isso que criei esse espaço para ajudar você a buscar inspiração em seus trabalhos. Dicas de cursos da área eletrônica também não poderiam faltar.

Conteúdos mal escritos são comuns na área de exatas. Aqui será diferente, sempre!

Sabe-se que elementos visuais e jogos facilitam o aprendizado, então eles aparecerão aqui, sempre que possível.

Quero convidar você a juntar-se a mim nessa caminhada por mais criatividade na educação. Vamos fazer o aprendizado ser natural, mais agradável, quase como um lazer.

Para participar, basta você cadastrar seu e-mail no campo abaixo.

(sua privacidade garantida, livre de spam)

Entre agora e você será priorizado!

O longo caminho até a excelência

Caminho da eletrônica

Lembro bem do dia em que passava pelo corredor da faculdade de engenharia, indo em direção à sala para assistir uma aula chata. A matéria era legal, só o professor era ruim, o que tornava a aula chata.

Ainda longe da sala, vi o professor parado ao lado da porta, olhando para ambos os lados do corredor, como se estivesse procurando alguém. Chegando na entrada, entendi o porquê. Ninguém estava na sala.

Em aulas muito ruins, é isso que pode acontecer. Os alunos só vão fazer a prova. Se o professor cobrar presença fica complicado fazer isso.

Nesse caso, o professor só escrevia a matéria no quadro e perguntava se os alunos tinham entendido. Situações semelhantes geralmente ocorrem.

Transformação para aprovação

Eletrônica para ser aprovado

Para transformar os meses em algo realmente proveitoso, buscamos colegas para tirar dúvidas, outros professores mais habilidosos didaticamente. Alguns até assistem aulas de outros professores, fora do horário regular de inscrição.

Acessamos sites de outras instituições para encontrar bons materiais. Acessamos fóruns temáticos, como Yahoo grupos, em busca de respostas de desconhecidos.

Colegas buscam a iniciação científica, cortando caminho rumo à excelência prática e teórica.

Os períodos passam… Buscamos o aperfeiçoamento em livros e cursos extras e as melhores escolhas de professores quando montamos nossa grade de horário.

Pode ser difícil transformar nosso método de estudo quando o método do curso não é eficiente.

Alguns tem mais dificuldade em adaptar-se ao método do curso. Mas ela está lá… A luz da formatura aos poucos começa a surgir no fim túnel.

Alcançando a excelência?

Eletrônica para o sucesso

Será que a nossa excelência está brilhando nesta luz? Dificilmente. Quando saímos do curso e entramos no mercado de trabalho, ou vamos fazer pesquisa, é o momento de aplicarmos pra valer o que aprendemos; quando realmente provamos que sabemos.

Junto a isso pode vir a motivação para continuar os estudos, seja para ganhar mais no emprego ou simplesmente conhecer mais o assunto de que tanto gosta.

Com alguns anos de trabalho e provavelmente muitos erro cometidos, você consegue um cargo melhor na empresa ou um reconhecimento por um projeto. Nesse momento, vem a sensação de excelência.

Pra você, o alcance da excelência é simbolizado por ganhar mais dinheiro ou por adquirir mais conhecimento?


Conto com sua presença!

Eletrônica para pessoasMais relevância através de dicas práticas diretamente no seu e-mail. Tudo que possa ser aplicável que eu encontrar em minhas pesquisas será enviado ao seu e-mail.

Depois de um tempo considerável atuando na internet, vejo a desconfiança da maioria, fruto da natureza observada nas más práticas cotidianas.

No caso da internet, temos os famosos Haters – pessoas que sentem prazer em comentar injúrias e provocações, com o único intuito de propagar ódio.

Mesmo com uma estrutura profissional, que inclui um belo design de blog, muitos ainda não confiam em cadastrar o e-mail.

Passar seriedade no trabalho não basta para gerar confiança nas pessoas. Isso reflete um mundo que parece estagnado para sempre, afundado em preconceitos e perspectivas baseadas em futilidades. Eis o grande problema: o conhecimento não é a prioridade.

A quantidade de pessoas que curtiram a minha página do Facebook também não basta para demonstrar confiança, nem exibir minha foto.

Pense e avalie tudo isso. Por fim, deixo uma reflexão: já que você só estará perdendo ao não receber meus e-mails, por que não se cadastrar?