Eletrônica analógica

10 características elétricas de circuitos amplificadores operacionais (Amp-Op) que você precisa conhecer

10 características elétricas de circuitos amplificadores operacionais (Amp-Op) que você precisa conhecer

Veja uma descrição de 10 características elétricas de um amp-op. São características de desempenho que podem ser determinadas em teste. Em aplicações que não críticas, as características elétricas dos antigos amplificadores operacionais ainda são válidos. Em projetos recentes, que nem precisam ser tão sofisticados, deve-se utilizar Amp-ops que incorporam novos elementos, para novas funções e melhor desempenho. Se você considerar que este conteúdo pode ser útil a mais alguém, compartilhe! Links: Facebook — Linkedin — Twitter — Google Plus As 10 características elétricas: 1 – Tensão de desequilíbrio de entrada É Continue lendo

O mínimo que você precisa saber sobre chaveamento eletrônico para começar a projetar

O mínimo que você precisa saber sobre chaveamento eletrônico para começar a projetar

Utilizar um transistor como chave é uma das formas mais diretas de aplicar este componente em variados tipos de projetos. Um transistor não muda instantaneamente entre os estados ligado (on) e desligado (off). Os tempos de mudança entre on e off dependem diretamente do tipo de transistor e das condições do circuito. Pode-se gerar circuitos de pulsos, que são os que possuem dois estados (alto e baixo), e aplicar em circuitos digitais. Assim, uma carga poderá ser ligada e desligada automaticamente. Ou um pulso enviado a um próximo estágio de Continue lendo

Blocos de circuitos muito utilizados em eletrônica: amplificadores, osciladores, filtros e blocos com diodos.

Blocos de circuitos muito utilizados em eletrônica: amplificadores, osciladores, filtros e blocos com diodos.

A eletrônica analógica é formada por blocos de circuitos que servem de ponto de partida para vários projetos. Os sinais nas saídas destes circuitos modulares seguem padrões que ajudam na verificação de defeitos É como um jogo em que temos disponíveis os blocos iniciais para montar. E depois vamos inserindo peças para interligar os blocos até atingir nosso objetivo. Na imagem abaixo, os minúsculos blocos de circuitos de um CI. Mesmo que seja para funções digitais, é a eletrônica analógica e a física que estão nestes blocos. Quando pegamos, por exemplo, Continue lendo